Imprimir Postagem
Hospital de Clínicas da Costa Sul completa três anos com mais de 240 mil atendimentos e 1,3 milhão de procedimentos

Nesta terça-feira (7), o Hospital de Clínicas de São Sebastião – Costa Sul (HCSS-CS), em Boiçucanga, completa três anos de funcionamento. Entre os muitos motivos para comemorar, estão o reconhecimento da população da Costa Sul pelos relevantes serviços prestados que fizeram o complexo hospitalar, em pouco tempo, alcançar marcas expressivas nos atendimentos e se firmar como referência no Litoral Norte.

Os números alcançados demonstram sua relevância. Desde a inauguração, em novembro de 2020, até o momento, o hospital atendeu 244.322 pacientes. No local, foram realizados 1.316.582 procedimentos, entre exames laboratoriais, radiografias, eletrocardiogramas, exames de glicemia capilar, administração de medicamentos, suturas e retiradas de pontos, cateterismo vesical, inalação e curativos, entre outros.

O vice-prefeito e secretário de Saúde, Reinaldo Moreira, diz que é com muita alegria que comemoramos os três anos de funcionamento do primeiro hospital público da Costa Sul.

“Esta foi mais uma grande obra prometida e cumprida pela gestão atual, em atendimento a décadas de reivindicações da população da região, que antes tinha que se deslocar ao hospital da região central para atendimento”, diz.

A diretora de Urgência e Emergência do Hospital, Ana Soares, diz que o HCSS-CS é um sonho que se realizou e há três anos vem atendendo com qualidade e dignidade a população sebastianense.

Estrutura

A unidade hospitalar oferece ao sebastianense atendimento de urgência e emergência 24 horas por dia, com consultas médicas e serviços de odontologia, farmácia, exames laboratoriais e radiologia.

O complexo hospitalar também abrange o Centro de Incentivo ao Aleitamento Materno (CIAMA); sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192); ambulância UTI para o transporte emergencial de pacientes em condições graves de risco de vida; base da Polícia Municipal e Centro de Reabilitação.

Entre os atendimentos especializados oferecidos estão o pré-natal às gestantes com gravidez de alto risco.

A unidade é muito maior que as existentes em diversas cidades da região. Tem área construída de mais de 5 mil metros quadrados. Conta com dez leitos de observação para trauma (cinco masculinos e cinco femininos), dois infantis e um de isolamento; sala de urgência e emergência com três leitos; laboratório; sala de medicação; raio-x; farmácia; três consultórios odontológicos; centro cirúrgico e unidades de pronto atendimento adulto e infantil.

O complexo hospitalar possui quatro elevadores; heliponto para atendimentos de emergência; sistema de energia fotovoltaica (energia solar) e gerador próprio. Dispõe, ainda, de cozinha, almoxarifado e lavanderia.

 

Fonte: Janaína Maria de Castro I PMSS

Comentários